terça-feira, 13 de setembro de 2016

Questões Enem Formas e Estruturas do Relevo 6

Questão 121)

A respeito dos elementos físicos que caracterizam as regiões brasileiras, assinale o que for correto.

01. A Região Norte tem na Hiléia Brasileira o seu destaque, sobre um relevo bastante acidentado e montanhoso na maior parte do seu território. O seu clima predominante é o úmido-seco (Aw).

02. A Região Centro-Oeste tem no Pantanal Mato-grossense uma de suas atrações. Seu relevo apresenta chapadas, como a dos Guimarães e a dos Veadeiros, sua vegetação é, na maior parte, representada pelo cerrado, e seu clima dominante apresenta uma estação seca e uma chuvosa.

04. A Região Nordeste apresenta um relevo com chapadas, a exemplo da Chapada Diamantina, um clima semi-árido no interior e vegetação caracterizada pela caatinga e pelo cerrado.

08. Na Região Sudeste estão localizadas a Serra da Mantiqueira, a Serra do Espinhaço e a Serra da Canastra. Seu ponto culminante é o Pico da Bandeira. Nela está a nascente do Rio São Francisco, e na sua porção leste aparece parte da Mata Atlântica.

16. A Região Sul é caracterizada, entre outros elementos, pela existência de um planalto arenítico-basáltico, climas subtropicais, mata de araucária e campos.

Gab: 30

Questão 122)

ENTENDA O QUE É A CAMADA PRÉ–SAL

A chamada camada pré-sal é uma faixa que se estende por cerca de 800 quilômetros abaixo do leito do mar, entre os Estados do Espírito Santo e Santa Catarina, e engloba três bacias (Espírito Santo, Campos e Santos). O petróleo localizado nesta área encontra-se em profundidades que superam os 7 mil metros, abaixo de uma extensa camada de sal que, segundo os geólogos, conservam a qualidade do produto.

Trecho Adaptado- Folha Online – 10/08/2008

Sabe-se que a formação do petróleo ocorre através da alteração de matéria orgânica vegetal ou animal, de origem oceânica, retida no subsolo. Baseando-se nessas informações, é CORRETO afirmar que a área propícia à produção do petróleo localiza-se

a) nos subsolos oceânicos, em áreas de bacias sedimentares.

b) nos terrenos cristalinos, em locais que estiveram cobertos por mares.

c) nos subsolos oceânicos, em áreas de terrenos cristalinos da era Mesozóica.

d) nos terrenos sedimentares, em subsolos oceânicos da era Pré-Cambriana.

Gab: A

Questão 123)

Leia com atenção: “[…] a Amazônia se destaca pela extraordinária continuidade de suas florestas, pela ordem de grandeza de sua principal rede hidrográfica e pelas sutis variações de seus ecossistemas, em nível regional e de altitude. Trata-se de um gigantesco domínio de terras baixas florestadas, disposto em anfiteatro [...]”

(Aziz AB'SÁBER In: Os Domínios de Natureza no Brasil, p. 65)

Esse trecho se refere ao domínio morfoclimático amazônico. Considerando a classificação dominante (e atual) do relevo brasileiro, é correto dizer que:

a) a Amazônia é um imenso segmento territorial de planícies rebaixadas, produto de deposição de sedimentos.

b) embora apresente terras baixas, a Amazônia é constituída de planaltos na sua maior extensão, e apenas alguns pontos são realmente planícies.

c) há presença dominante de planícies, com pequenos segmentos de depressões nas margens dos maiores rios.

d) planaltos, depressões e planícies, formações de origens diferentes, equivalem-se em extensão, e estão, mais ou menos, na mesma faixa de altitude.

e) predominam as depressões, com a presença de planícies descontínuas no sul e ao longo da calha do Rio Amazonas, e uma formação planáltica ao norte.

Gab: E

Questão 124)

As formas de relevo da superfície da Terra são resultantes da ação combinada de processos internos e externos. Os processos internos são responsáveis pela gênese de grandes formas de relevo, como as cadeias montanhosas. A ação externa é responsável pelo desgaste e esculturação das rochas, remoção e deposição de sedimentos, formação de solos etc. Com base nessas informações, preencha os parênteses com V ou F conforme sejam verdadeiras ou falsas as assertivas a seguir.

a) O intemperismo é um processo importante na formação de solos.

b) No Presente, a sismicidade é fundamental para a formação de relevos de grande expressão espacial no território brasileiro.

c) O clima úmido da Região Sudeste do Brasil é fator condicionante da existência de relevos do tipo “mares de morros”.

d) O clima é semi-árido em grande extensão do território cearense, intensificando a ação do intemperismo físico nesses segmentos territoriais.

e) As depressões sertanejas, que são superfícies de aplainamento, representam um relevo característico do Nordeste brasileiro.

Gab:

VFVVV

Questão 125)

As zonas litorâneas representam segmentos da superfície da Terra onde ocorre interação entre processos oceânicos e continentais. As ondas, as marés, as correntes litorâneas, os ventos, a umidade do ar, a vegetação costeira e os fluxos fluviais são importantes elementos da dinâmica natural dessas áreas. As questões a seguir versam sobre essa dinâmica.

a) Mencione um fator responsável pela formação de brisas marítimas e terrestres na interface oceano/continente.

b) Cite o agente responsável pela formação de relevos do tipo dunas.

c) Nomeie o ecossistema que se desenvolve nas planícies de inundação flúvio-marinhas intertropicais.

d) Indique o tipo dominante de sedimento presente nas praias do Ceará.

Gab:

a) o aquecimento desigual da superfície do oceano, que é líquida, e da superfície da Terra, que é rochosa, produz diferenças de temperatura e pressão nas massas de ar em contato com essas superfícies, induzindo ao deslocamento de ar, hora em direção ao oceano a partir do continente (caracterizando assim as brisas terrestres, que ocorrem, sobretudo, à noite), hora em direção ao continente a partir do oceano (caracterizando assim as brisas marítimas, que ocorrem, sobretudo, durante o dia).

b) as dunas são relevos formados pelo acúmulo de sedimentos móveis, com predomínio de granulometria areia, transportados e depositados pela ação do vento, que retira a areia das praias e a acumula na faixa costeira adjacente.

c) o manguezal é o ecossistema típico das planícies flúvio-marinhas intertropicais. Para colonizarem planícies flúvio-marinhas, os manguezais exigem, além da ocorrência da água salobra típica desses domínios naturais, a existência de temperaturas elevadas, fator que determina a presença desses ecossistemas em zonas intertropicais e subtropicais.

d) as praias do Estado do Ceará são formadas basicamente por areias quartzosas. Esse tipo de sedimento resulta da ação do clima local, da área fonte de sedimentos e da contribuição, ainda que reduzida, do transporte fluvial. As areias são transportadas pelas ondas e depositadas na faixa de praia.

Questão 126)

A partir do segmento AB, identificado no mapa abaixo, foi construído o seguinte perfil topográfico:

clip_image002

clip_image004

De acordo com a classificação de relevo de Jurandyr Ross, é CORRETO afirmar que:

a) I e III são depressões.

b) I e IV são planície e planalto, respectivamente.

c) II e V são planaltos.

d) II e V são planaltos e depressão, respectivamente.

e) III e IV são depressão e planície, respectivamente.

Gab: D

Questão 127)

Sobre as variações climáticas ao longo das eras geológicas, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas.

( ) O clima da terra sempre apresentou períodos glaciais e interglaciais.

( ) O homem apareceu na superfície da terra na era Cenozóica, no Quaternário, em um período interglacial.

( ) Os períodos glaciais são mais quentes que os interglaciais por apresentarem elevadas temperatura e umidade relativa.

( ) Na era Paleozóica, ocorreu o desenvolvimento dos peixes e da vegetação durante a glaciação.

( ) Antes do aparecimento do homem, a terra já apresentava mudanças climáticas naturais.

Assinale a seqüência correta.

a) V, F, F, F, V

b) F, V, V, F, F

c) V, F, F, V, V

d) V, V, F, V, V

e) V, F, V, V, V

Gab: D

Questão 128)

Considerando os aspectos da geomorfologia do Brasil, analise as proposições a seguir e assinale a alternativa que contém todas as corretas.

I) A estrutura geológica sedimentar indica a origem, a formação e a composição do terreno, ocorrendo ao longo do tempo geológico. Durante sua formação, a sedimentação supera os processos erosivos; a bacia sedimentar é sempre uma planície, como os planaltos residuais norte e sul-amazônico.

II) Uma bacia sedimentar, que no passado foi uma planície, pode estar atualmente sofrendo um processo de desgaste e, portanto, corresponder a um planalto ou a uma depressão, como as da Amazônia.

III) As escarpas são declives acentuados que aparecem em bordas de planalto. Podem ser geradas por movimento tectônico, que forma escarpas de falha, ou ser modelada pelos agentes exógenos, que geram escarpas de erosão.

IV) Chapadas são relevos com formas de planalto, cujo topo é aplainado e as encostas, escarpadas. Também é conhecido com planalto tabular.

V) No Brasil, as estruturas e as formas litológicas são recentes, mas as formas do relevo são antigas. Estas foram produzidas pelos desgastes erosivos e alterações tectônicas que sempre ocorreram e continuam ocorrendo.

Estão corretas somente:

a) I, II e V.

b) I, II e IV.

c) II, III e IV.

d) II, IV e V

e) I, II, III e IV.

Gab: C

Questão 129)

O relevo é o resultado de longos anos de trabalho da natureza. Os agentes modeladores foram esculpindo nosso relevo e dando feições marcantes à paisagem brasileira. Três renomados autores organizaram classificações para o relevo: Aroldo de Azevedo, Aziz Ab'Saber e Jurandyr Ross.

Considerando essas classificações, é correto afirmar que:

a) as classificações para o relevo brasileiro de Azevedo, Ab'Saber e Ross consideram apenas cotas altimétricas.

b) as três classificações consideram cotas altimétricas, definindo as cadeias montanhosas modernas nas regiões Norte, Sul e Sudeste.

c) as três classificações para o relevo brasileiro consideram apenas a dinâmica de erosão/ sedimentação, definindo o sudeste e nordeste do Rio Grande do Sul como regiões de cadeia montanhosa moderna.

d) a planície do Pantanal ou Pantanal Mato-Grossense aparece nas três classificações sobre o relevo brasileiro.

e) as classificações consideram apenas o Sudeste brasileiro como região de cadeia montanhosa moderna.

Gab: D

Questão 130)

Rochas eruptivas, magmáticas ou ígneas encontradas em alguns setores do território paranaense:

01. Mármore e calcário, no Primeiro Planalto.

02. Basalto, no Terceiro Planalto, e riolito, no Primeiro Planalto.

04. Arenito e folhelho, no Segundo Planalto.

08. Diabásio, no Segundo Planalto, e granito, na Serra do Mar.

16. Filito e quartzito, no Primeiro Planalto.

Gab: 10

Questão 131)

Uma das atuais divisões do relevo brasileiro foi apresentada por Jurandyr Ross. Leia o texto sobre uma das unidades de relevo do Nordeste.

Essa unidade ocupa a maior área do território nordestino e se estende por toda a faixa central e o oeste do Nordeste, acompanhando o curso do principal rio da região, em especial nos seus vales médio e inferior. Esse relevo conta com a presença de algumas chapadas, como as do Ibiapaba, Araripe e Apodi.

(Adaptado de Jurandyr Ross org. Geografia do Brasil. São Paulo: EDUSP, 1996)

O texto apresenta características da unidade de relevo denominada

a) Depressão Periférica nordestina.

b) Depressão Sertaneja e do São Francisco.

c) Planaltos e Chapadas da Bacia do Parnaíba.

d) Planaltos e Serras do Atlântico-leste-sudeste.

e) Planícies e Tabuleiros nordestinos.

Gab: B

Questão 132)

A análise do mapa e os conhecimentos sobre os domínios morfoclimáticos brasileiros possibilitam concluir:

clip_image006

01. A delimitação dos domínios morfoclimáticos expressa a interação entre os elementos da natureza, considerada tanto no tempo como no espaço.

02. Em I, a ação dos agentes que modelam o substrato geológico na qual predominam os dobramentos pré-cambrianos produziu o relevo típico de mares de morros e grandes variações topográficas.

03. II corresponde ao ecossistema mais pobre em variedades do Brasil, os solos são ácidos, a vegetação é arbórea e o relevo é constituído por planaltos e chapadas formadas no terciário.

04. III é o mais extenso domínio do Brasil, seu relevo é constituído exclusivamente por planícies e depressões, as copas das árvores se tocam, formando dossel, sendo o único ecossistema florestal que não se regenera quando desmatado.

05. IV apresenta vegetação decídua, é uma área de transição cujo solo é do tipo aluvial, favorável à agricultura, os rios são autóctones e o relevo é constituído por dobramentos modernos, formados no quaternário.

Gab: 01

Questão 133)

Sobre as características físicas do território brasileiro, assinale o que for correto.

01. O Brasil é constituído por escudos cristalinos antigos e bacias sedimentares.

02. O basalto é uma rocha ígnea oriunda de derrames vulcânicos e ocorre em grandes extensões na Bacia Sedimentar do Paraná.

04. As serras do Mar e da Mantiqueira correspondem a dobramentos modernos que se formaram pelo choque de duas placas tectônicas: a sul-americana e a africana.

08. Os planaltos são modelados sobre os escudos, enquanto as planícies e as depressões estão associadas às bacias sedimentares.

16. As rochas metamórficas ocorrem nas áreas de escudo e constituem-se em importantes fontes de minérios metálicos e materiais para construção.

Gab: 19

Questão 134)

Leia o fragmento de texto e o mapa abaixo:

A disponibilidade de água subterrânea de uma área depende da sua estrutura geológica. A cada dia a água subterrânea ganha relevância, sobretudo para as zonas semi-áridas, pois ela pode suprir as demandas do consumo animal, humano, agrícola etc. Do ponto de vista geológico, existem dois conjuntos estruturais no Nordeste brasileiro: as Bacias Sedimentares e o Escudo Cristalino. A distribuição desses conjuntos estruturais é determinante para a oferta de água subterrânea na região.

Bacias Sedimentares e o Escudo Cristalino no Nordeste

clip_image008

Fonte: Adaptado de SUASSUNA, João. A pequena irrigação no Nordeste: Algumas preocupações. Recife: Fundaj, s/d. Disponível em: http://www.fundaj.gov.br. Acesso em: 21/03/2009.

Sobre os dois conjuntos estruturais da geologia do Nordeste e as suas possibilidades e limitações de disponibilidade de água subterrânea, leia as proposições abaixo e, em seguida, assinale a alternativa que contém as corretas:

I) A estrutura geológica do Nordeste impossibilita a obtenção de água subterrânea em quantidade satisfatória para projetos de irrigação, exceto a porção central do território paraibano, que oferece condições geológicas favoráveis à presença de grandes armazenamentos de água subterrânea.

II) As Bacias Sedimentares dos Estados do Piauí e do Maranhão apresentam possibilidades para a presença de grandes reservas de água subterrânea.

III) Nos Escudos Cristalinos nordestinos, há grande oferta de água subterrânea, só que em grandes profundidades. Neles, através de perfurações profundas, é possível capturar água em quantidade suficiente para desenvolver grandes projetos de irrigação.

IV) Nas Bacias Sedimentares do Nordeste há, em virtude da porosidade das suas rochas, as maiores possibilidades de se encontrar água subterrânea em grande quantidade.

V) Nos Escudos Cristalinos do Nordeste, há pouca possibilidade de se encontrar água subterrânea em grande quantidade. Essas formações rochosas são impermeáveis e a água disponível está depositada em suas fendas ou fraturas.

Estão CORRETAS:

a) I, II e V.

b) II, III, IV e V.

c) I e III.

d) I, III e IV.

e) II, IV e V.

Gab: E

Questão 135)

Ao observar o noticiário jornalístico, percebe‐se que vai longe a antiga ideia de que tais fenômenos geomorfológicos não aconteceriam no Brasil.

Segunda - feira, 6 de abril de 2009

Terremoto assola Áquila na Itália: passa de 100 o número de mortos

O forte terremoto que sacudiu o centro da Itália na madrugada desta segunda-feira (6) - domingo, 5, no Brasil -, deixou ao menos 16 mortos e 30 desaparecidos na região de Áquila, região montanhosa a leste de Roma, cidade de 60 mil habitantes. Intensidade - As informações sobre a força do tremor, que ocorreu às 3h45 desta segunda (22h45 de domingo em Brasília) ainda são confusas. Enquanto parte das agências de notícias estima magnitude de 5,8 graus na escala Richter (escala de 9,0), outras fontes afirmam que o terremoto chegou a 6,3 graus na mesma escala.

olhar45.blogspot.com/2009/04/adaptado

Tendo por base a idéia de que o Brasil se localiza na porção centro‐oriental da placa sul‐americana, assinale a alternativa que responde CORRETAMENTE à seguinte pergunta: Podem acontecer no Brasil terremotos de igual magnitude àquele ocorrido em abril/2009 na Itália?

a) Sim, uma vez que se sabe que as placas estão em constante movimento e que isso poderia ocorrer a qualquer momento.

b) Não, pelo fato de situar‐se distante das bordas (zonas de contato) das placas de Nazca, do Caribe ou das Antilhas, o que explica sua relativa estabilidade geológica.

c) Sim, pelo fato de haver na estrutura geológica brasileira a forma do epirogenismo ocorrido no período cenozoico.

d) Não, porque na estrutura geológica brasileira não há tectonismo orogenético recente, o que inviabiliza a ocorrência desse evento nessa magnitude.

Gab: B

Questão 136)

“Camada pré-sal: é uma camada de sal que está enterrada no fundo do mar e que serviu de “tampão” para os organismos microscópicos que se depositaram no mar primordial que se formou a partir do afastamento dos continentes sul-americano e africano. Lembre-se de que, durante a Pangéia, a África e a América do Sul eram “colocadas”. Quando a crosta terrestre, que é feita de camadas móveis (placas tectônicas), se rompeu, formaram-se vários mares rasos que receberam algas e microorganismos chamados de fito e zooplâncton. Estes, quando morreram, foram enterrados sob o sal formado pela evaporação da água nestes mares rasos. Estes microorganismos (e também outros animais marinhos), soterrados e sob pressão, com o passar do tempo, transformaram-se em petróleo que hoje é encontrado no sudeste do Brasil. (...)

Chegar ao pré-sal foi difícil, mas o desafio mesmo está em tirar de lá o petróleo e o gás que farão do Brasil o sexto maior detentor de reservas”.

(Revista Veja, edição 2076 - ano 41, nº 35, 03 de setembro de 2008, p.72.)

Sobre a camada pré-sal, assinale verdadeira (V) ou falsa (F) nas afirmativas a seguir.

( ) Localiza-se no litoral brasileiro, na bacia do Espírito Santo, Campos e Santos.

( ) Originou-se a partir do afastamento da África e da América do Sul, quando vários mares rasos acumularam organismos marinhos que, ao morrerem, foram enterrados sob o sal.

( ) Como a maioria das bacias petrolíferas brasileiras, essa camada é do tipo offshore.

( ) A exploração economicamente viável do pré-sal deverá considerar, entre outros fatores, a grande profundidade da camada.

A seqüência correta é

a) VVVV.

b) FFVF.

c) FVVF.

d) FFFV.

e) VVFF.

Gab: A

Questão 137)

Uma torre de petróleo em terra? Não, em futuro próximo serão dezenas de plataformas em alto mar que indicarão a presença da Petrobrás explorando o combustível. nos campos de présal a distâncias que atingem 300 quilômetros da costa brasileira. Sobre essa exploração, pode-se afirmar corretamente que

a) apesar do volume de petróleo encontrado na Bacia de Santos, os lençóis da região de Campos são maiores e com combustível de melhor qualidade.

b) a nova descoberta de petróleo está situada na Bacia de Campos, a única do Brasil situada em área formada por rochas cristalinas.

c) parte considerável das reservas da Bacia de Campos pertence a grupos internacionais, fato que diminuirá a participação brasileira nos lucros da exploração.

d) o pré-sal é o nome dado às camadas mais profundas do subsolo marinho situadas abaixo de 5.000 a 6.000 metros, no campo de Tupi.

e) os campos descobertos na Bacia de Santos estão situados ao longo dos litorais paulista e paranaense, o que garantirá royalties para esses dois estados.

Gab: D

Questão 138)

Com base nos conhecimentos sobre estrutura geológica, solo, relevo e bacias hidrográficas da Bahia, é correto afirmar:

01. As duas falhas tectônicas existentes no Estado — Maragogipe e Salvador — tiveram origem da deriva continental que separou a América do Sul da África.

02. O relevo baiano foi formado inteiramente no mesozoico, razão pela qual não apresenta alta altimetria e sofre apenas a ação do intemperismo químico.

03. Os rios que formam a Bacia do Paraguaçu possuem regime misto, drenagem criptorreica, são intermitentes e cortam todas as regiões do Estado.

04. As planícies litorâneas formadas pelo trabalho de erosão fluviomarinho destacam-se na porção ocidental do Estado.

05. Os solos têm elevada fertilidade natural, textura predominantemente argilosa, são básicos e apresentam horizontes bem definidos.

Gab: 01

Questão 139)

Assinale a alternativa que corresponde a um resumo das características geológicas do território brasileiro na Era Paleozóica.

a) Formação das serras do Mar e da Mantiqueira.

b) Formação dos escudos cristalinos Brasileiro e Guiano.

c) Formação de bacias sedimentares antigas, do varvito, rocha sedimentar, em Itu (SP), e do carvão mineral do sul do Brasil.

d) Formação da bacia sedimentar amazônica.

e) Derrames basálticos na região sul, formação do planalto arenito-basáltico e formação da bacia sedimentar do rio São Francisco.

Gab: C

Questão 140)

Segundo Aziz Nacib Ab Saber, geógrafo, o relevo predominante no Brasil é:

a) Depressão Central.

b) Planícies e Terras Baixas.

c) Planalto Brasileiro.

d) Planície Costeira.

e) Planalto das Guianas.

Gab: C

Questão 141)

Observe a figura a seguir:

clip_image010

(Adaptado de: SIMIELLI, M. S. Geoatlas. São Paulo: Ática. 2002. p. 80.)

Com base na figura e nos conhecimentos sobre classificação das Unidades de Relevo brasileiro, classifique a Unidade 2, conforme Jurandir Ross, corretamente:

a) Depressão Periférica Sul Rio Grandense, com relevos caracterizados por colinas de topos convexos, vales moderadamente entalhados, planície fluvial.

b) Planaltos e Serras do Atlântico leste-sudeste, com relevos caracterizados por serras e morros alongados, relevo montanhoso. Escarpas estruturais/falhas. Superfícies de morros de topos convexos. Depressões tectônicas cenozóicas.

c) Planaltos e Chapadas da bacia do Paraná, com relevo caracterizado por colinas amplas com topos convexos. Chapadas, superfícies planas. Patamares e escarpas estruturais associadas a morros e colinas de topos convexos. Escarpas nas bordas.

d) Depressão Periférica da Borda Leste da bacia do Paraná, com relevos caracterizados por colinas amplas de topos convexos e vales medianamente entalhados.

e) Depressão do Miranda com relevos caracterizados por superfícies aplanadas, vales rasos, morros residuais isolados.

Gab: D

Questão 142)

Observe a imagem a seguir.

clip_image012

Formações de arenito. Pedra do Cálice. Serra das Galés, Paraúna – GO

Disponível em http://www.sebraego.com.br. Acesso em: 26 nov. 2007.

O relevo terrestre é resultado da ação de agentes internos da litosfera, responsáveis pela sua estrutura, e de agentes externos que definem sua forma. Com base nessas informações e na interpretação da imagem, explique como esses agentes atuaram, ao longo do tempo, na constituição da forma de relevo, conforme a foto apresentada.

Gab:

Sugestão de resposta:

clip_image014 O aluno deve abordar os agentes internos e externos;

clip_image014[1] Segundo a ação dos agentes internos, o relevo apresentado está associado a uma bacia sedimentar, com sua gênese estrutural originada a partir da agregação de sedimentos ao longo dos períodos geológicos;

clip_image014[2] Quanto aos agentes externos, ocorreu a atuação das intempéries físicas e químicas (água, ventos e variação térmica), determinando a esculturação ou modelagem no decorrer dos anos.

Questão 143)

Os divisores d´água constituem uma importante referência para a delimitação de uma bacia hidrográfica. Ao utilizar como parâmetro a distribuição das bacias hidrográficas brasileiras, nota-se que os rios formadores das bacias amazônica e tocantins-araguaia são originários de três divisores d´água principais. Esses divisores são os seguintes:

a) Cordilheira dos Andes, Planalto das Guianas e Planalto Brasileiro

b) Serra do Espinhaço, Serra Geral e Chapada Diamantina

c) Planalto da Borborema, Planalto Meridional e Serra da Mantiqueira

d) Serra da Canastra, Planalto Meridional e Planalto Atlântico

e) Planalto Atlântico, Planalto da Borborema e Serra do Espinhaço

Gab: A

Questão 144)

Sobre o planalto brasileiro, assinale a alternativa INCORRETA.

a) O planalto Central, na porção central do país, caracteriza-se pela presença de terrenos cristalinos que alternam com terrenos sedimentares do Paleozóico e do Mesozóico.

b) O planalto Meridional, situado nas terras banhadas pelos rios Paraná e Uruguai, na região Sul, estendese parcialmente pelas regiões Sudeste e Centro-Oeste e é dominado por terrenos sedimentares recobertos parcialmente por lavas vulcânicas.

c) O planalto Nordestino é uma região de altitudes elevadas em que predominam serras sedimentares, como as do Borborema e de Baturité, e chapadas, como as do Araripe, do Ibiapaba e do Apodi.

d) As serras e os planaltos do leste e do sudeste estão localizados próximos ao litoral, formando o maior conjunto de terras altas do país, que se estende do nordeste até Santa Catarina.

Gab: C

Nenhum comentário:

Gostou? Compartilhe o Blog!!!

Facebook Twitter Addthis